-Publicidade-

‘Nenhum indivíduo está a salvo’, diz diretor da OMS sobre diagnóstico de Bolsonaro

Mas Tedros Adhanom deseja que o presidente do Brasil se recupere logo do novo coronavírus
Tedros: nenhum indivíduo está livre da covid-19 | Foto: DIVULGAÇÃO/OMS
Tedros: nenhum indivíduo está livre da covid-19 | Foto: DIVULGAÇÃO/OMS | tedros - oms- bolsonaro - indivíduo

Mas Tedros Adhanom deseja que o presidente do Brasil se recupere logo do novo coronavírus

tedros - oms- bolsonaro - indivíduo
Tedros: nenhum indivíduo está livre da covid-19 | Foto: DIVULGAÇÃO/OMS

O fato de Jair Bolsonaro ter testado positivo para a covid-19 repercutiu na Organização Mundial da Saúde (OMS). Na tarde desta terça-feira, 7, o diretor-geral da entidade, Tedros Adhanom, comentou a situação do presidente da República. Apesar de desejar a recuperação, registrou mensagem que pode ser interpretada como uma indireta.

Leia mais:Twitter deixa mensagens de ódio propagarem contra Bolsonaro

“Nenhuma nação está imune e nenhum indivíduo está a salvo”, afirmou Tedros, conforme divulgado pela agência de notícias Ansa. “Esperamos que esteja bem e se recupere rapidamente”, prosseguiu o representante da OMS em mensagem de apoio a Bolsonaro. Assim, ele teve postura diferente da adotada por um colunista do jornal Folha de S. Paulo, que torce pela morte do presidente.

Tedros reforçou que, além de torcer pela recuperação de Bolsonaro, deseja que ele não entre a lista de pacientes que sofrem maiores problemas ao enfrentar a doença provocada pelo novo coronavírus. “Espero que os sintomas sejam leves e sua excelência esteja de volta à ativa o quanto antes para apoiar o seu país”, concluiu o diretor-geral da OMS.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês