Tratamento precoce: dois mil médicos apoiam terapêutica

Em documento, profissionais de saúde ressaltaram a importância do uso de medicamentos, como a hidroxicloroquina e a cloroquina
-Publicidade-
Especialistas também se manifestaram a favor da autonomia médica
Especialistas também se manifestaram a favor da autonomia médica | Foto: Divulgação/Agência Brasil

Em defesa do tratamento precoce contra o coronavírus, dois mil médicos brasileiros assinaram um documento ressaltando a importância de medicamentos no enfrentamento à covid-19. Entre eles estão a cloroquina, a hidroxicloroquina, a ivermectina, a azitromicina e o zinco. De acordo com os especialistas, as drogas são essenciais de modo a minimizar os danos provocados pelo patógeno no corpo. Os signatários destacam, ainda, ser necessária a preservação da autonomia dos profissionais de saúde para ministrar as drogas nos pacientes com a doença.

“Destacamos que a abordagem precoce não se trata apenas do uso de uma destas drogas (cloroquina e hidroxicloroquina), mas de sua combinação com outras medicações, além de monitoramento extensivo do paciente e a recomendação de intervenções não farmacológicas, como a fisioterapia”, informa trecho do documento, divulgado na sexta-feira 12. “Os relatos de cidades e Estados que adotaram as medidas para intervenção precoce têm mostrado bons resultados, com a diminuição da carga sobre os sistemas de saúde”, acrescentaram os especialistas.

-Publicidade-

Além disso, os médicos mencionam um parecer do Conselho Federal de Medicina e a Declaração de Helsinque que deixam clara a necessidade de ação do médico em situações graves, mediante consentimento do paciente: “Quando métodos profiláticos, terapêuticos comprovados não existirem ou forem ineficazes, o médico, com o consentimento informado ao paciente, deve ser livre para utilizar medidas profiláticas e terapêuticas não comprovadas ou inovadoras, se no seu julgamento, esta ofereça esperança de salvar vidas.”

Leia o documento

Leia também: “Covid-19: o que fazer até a vacina chegar?”

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site