Vacina da Pfizer: Reino Unido aprova imunizante

Governo dá largada para vacinação; farmacêutica assegura que o produto tem 95% de eficácia
-Publicidade-
Foto: Adriana Toffeti/Estadão Conteúdo
Foto: Adriana Toffeti/Estadão Conteúdo | Foto: Adriana Toffeti/Estadão Conteúdo

Governo dá largada para vacinação; farmacêutica assegura que o produto tem 95% de eficácia

vacina da pfizer
Atualmente, o Ministério da Saúde do Brasil negocia com a Pfizer para adquirir os imunizantes | Foto: Adriana Toffeti/Estadão Conteúdo
-Publicidade-

O secretário de Estado de Saúde do Reino Unido, Matt Hancock, anunciou na madrugada desta quarta-feira, 2, que a “Anvisa” do país aprovou a vacina experimental contra a covid-19 desenvolvida pelos laboratórios Pfzier e Biontech. Hancock assegurou que a imunização iniciará em breve. “No início da próxima semana, começaremos um programa de vacinação de pessoas contra o coronavírus, aqui neste país”, declarou hoje o secretário, à emissora britânica Sky News, ao mencionar que a notícia é “fantástica”.

As farmacêuticas Pfizer e BioNTech anunciaram no começo de novembro que sua candidata contra o vírus chinês, a BNT162b2, tem 95% de eficácia na prevenção à covid-19, segundo dados iniciais do estudo da fase 3. Além disso, o imunizante não provocou efeitos colaterais graves nos voluntários. As informações ainda precisam ser publicadas em revista científica. Atualmente, técnicos do Ministério da Saúde do Brasil negociam com representantes da Pfizer para a possível compra de imunizantes da farmacêutica.

Leia também: “Ministério da Saúde: Plano de vacinação contra a covid-19 depende de aprovação da Anvisa”

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

7 comments

      1. Caro Giuseppe,

        Obrigado pela leitura e pelo comentário. Contudo, discordo da sua opinião. ‘Oeste’ publica fatos que são relevantes e de interesse público. A aprovação por agências reguladoras de uma vacina contra a covid-19, seja ela qual for, e a imunização das pessoas, são assuntos que se encaixam nesses requisitos.

        Abraços

      2. Respeito muito a Oeste .A critica ñ era para a revista, absolutamente.
        Quem esta´acostumado a seguir fontes de noticias internacionais, cujos autores são de extrema confiança, não pode mais aceitar que – apos nove meses de divulgaçao de comprovados datos cientificos -se trate das vacinas desta maneira. Estamos vivendo o periodo mais obscurantista da historia e quem ainda não o percebeu e´ou por falta de possibilidade de acesso as noticias reais ou por acesso a noticias não cientificamente comprovadas. Sou dendrologo, emprestado a industria, e portanto e´para mim impensavel tratar qq asunto superficialmente. Nesta conjuntura ¨¨não existe mais a noticia isolada¨¨!
        Não gosto de textos prolixos( alem de ter problemas de redação) portanto vou concluir resumindo e lembrando uma frase de E.Pound ( definitivamente não conhecido nesta latitude!!) : Il politico e´il cameriere dell´elite finanziaria.
        Apropo ´ : quanto e´a divida publica mundial? Quem e´que administra a metade dela?
        As pessoas precisam ser devidamente informadas e hoje a Oeste reune esta prerrogativa.

      3. A conforto do que escrivi acima , o dia 07 de Maio enviei uma mensagem ( não lembro se foi para o Sr.Oneto) explicando exactamente o que era , como foi criado e como funcionava o laboratorio de Wuhan. Isso em Maio.

      4. Está mais parecendo implicância. É uma notícia que interessa a todos.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site