Doria reúne governadores e inicia entrega da CoronaVac para cinco Estados

Governador de SP convocou entrevista coletiva no Instituto Butantan; Ceará, Pará, Piauí, Espírito Santo e Mato Grosso são beneficiados
-Publicidade-
Entrevista do governador João Doria (PSDB) foi realizada na sede do Instituto Butantan
Entrevista do governador João Doria (PSDB) foi realizada na sede do Instituto Butantan | Foto: Reprodução/YouTube

Em entrevista coletiva nesta quarta-feira, 22, na sede do Instituto Butantan, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), oficializou o início da entrega de 2,5 milhões de doses da CoronaVac diretamente para cinco Estados do país: Pará, Espírito Santo, Mato Grosso, Ceará e Piauí. As remessas devem começar a ser encaminhadas na segunda-feira 27. 

Trata-se de uma aquisição direta feita pelos Estados junto ao governo de São Paulo, sem intermediação do Ministério da Saúde. O Butantan já finalizou a entrega de 100 milhões de doses do imunizante para o Programa Nacional de Imunizações (PNI) do governo federal.

Leia mais: “Espírito Santo é o 1º Estado do país a comprar doses da CoronaVac”

-Publicidade-

A maior parte das doses ficará, inicialmente, com o Pará (1 milhão de doses). Espírito Santo e Mato Grosso receberão 500 mil vacinas, enquanto o Ceará ficará com 300 mil doses e o Piauí, com 200 mil. Os imunizantes foram envasados no Butantan, que realizou um “rigoroso controle de qualidade antes do fornecimento”, de acordo com o governo paulista.

Além de Doria, participaram da entrevista coletiva desta tarde os governadores Camilo Santana (Ceará), Renato Casagrande (Espírito Santo), Helder Barbalho (Pará) e Wellington Dias (Piauí). A única ausência foi a do governador do Mato Grosso, Mauro Mendes, que não pôde comparecer. 

Leia também: “Anvisa determina recolhimento de lotes suspensos da CoronaVac”

“Essa aquisição complementará o PNI e isso permitirá que tenhamos as vacinas para aplicarmos a primeira e a segunda dose em toda a população acima de 18 anos, e a primeira dose nos adolescentes de 12 a 17 anos”, afirmou Casagrande. “Isso é uma garantia a mais de que vidas serão salvas.”

Leia mais: “Doria autoriza substituição de lotes da CoronaVac interditados pela Anvisa”

O petista Wellington Dias, por sua vez, aproveitou a entrevista para fazer críticas ao governo federal. “Seguir a ciência é o que nos une. Ao seguir a ciência, temos um compromisso com o PNI. Eu, pessoalmente, com outros governadores, cobramos que o Ministério da Saúde seguisse comprando vacinas”, disse. “As barreiras sempre nos impediram. Hoje é um dia histórico. Aqui, hoje, estamos dando um passo muito importante para que possamos salvar vidas.”

Leia também: “Butantan: doses da CoronaVac de lotes suspensos pela Anvisa eram seguras”

No início da semana, como informou Oeste, Doria se inscreveu nas prévias do PSDB como um dos pré-candidatos do partido à Presidência da República em 2022.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

5 comentários Ver comentários

  1. E o pior: esse indivíduo fica contaminando o plano de Vacinação nacional, onde já se conta com vacinas de maior eficacia. Se essa porcaria chinesa continuar sendo usada, de tempos em tempos teremos uma população apresentando sintomas graves e ocorrendo óbitos. Se verificarmos países que adotaram vacinas melhores, da pra se verificar até aumento de casos, mas sem gravidade. Parece que aqui queremos mesmo é ficar na pandemia com um paninho na cara achando que estamos “protegidos.”

  2. A audácia desse sujeito é realmente impressionante, ele sabe muito bem que o que está fornecendo é ruim, que ñ entrega o que promete, e ainda assim, com a possibilidade real de matar pessoas, ele insiste e entrega para todos os demais parceiros tão incompetentes e irresponsáveis como ele mesmo. Que tempos!

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.