Relator apresenta parecer favorável à recondução de Aras na PGR

Sabatina será realizada amanhã na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado
-Publicidade-
O procurador-geral da República, Augusto Aras, será sabatinado no Senado
O procurador-geral da República, Augusto Aras, será sabatinado no Senado | Foto: Rosinei Coutinho/SCO/STF

O líder do MDB no Senado, Eduardo Braga (AM), apresentou nesta segunda-feira, 23, um parecer favorável à recondução de Augusto Aras ao comando da Procuradoria-Geral da República.

Como noticiou Oeste, a sabatina de Aras está programada para amanhã na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado.

Em seu relatório, o parlamentar afirma que Aras realizou um bom trabalho no enfrentamento da pandemia de covid-19 e empenhou esforços para a retomada da economia e a defesa do meio ambiente, dos direitos humanos e da agenda anticorrupção.

-Publicidade-

Leia mais: “‘Nenhuma omissão’, diz Aras ao rebater críticas sobre atuação da PGR”

“Foram apresentadas dezenas de denúncias contra autoridades com foro no STF [Supremo Tribunal Federal] e no STJ [Superior Tribunal de Justiça], e outras pessoas apontadas como integrantes de esquemas criminosos. […] Houve também dedicação à recuperação de ativos”, diz o parecer de Braga.

Leia também: “Subprocuradores pressionam Aras a apurar ‘contragolpe’ de Bolsonaro”

O mandato de Aras à frente da PGR termina no dia 23 de setembro. Além da aprovação pela CCJ, é necessário o apoio de pelo menos 41 dos 81 senadores em votação no plenário da Casa. A tendência é que Aras seja reconduzido.

Leia também: “Senadores apresentam notícia-crime contra Aras no STF por prevaricação”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro