SP amplia aulas no ensino médio e anuncia contratação de 10 mil professores

Mudanças valem a partir do ano que vem e vêm para seguir as novas diretrizes curriculares aprovadas em 2017
-Publicidade-
Rossieli Soares, secretário de Educação do Estado de São Paulo
Rossieli Soares, secretário de Educação do Estado de São Paulo | Foto: Governo do Estado de São Paulo

A Secretaria Estadual de Educação do governo de São Paulo anunciou nesta terça-feira, 20, que irá contratar 10 mil professores e aumentar o número de aulas diárias dos alunos. As mudanças entram em vigor a partir do ano que vem.

A reformulação no currículo e na grade escolar foi aprovada ainda no governo do ex-presidente Michel Temer (MDB), em 2017. As modificações anunciadas pela pasta vêm justamente para seguir as novas diretrizes.

Leia também: “Se pudesse voltar no tempo, jamais teria fechado as escolas”; leia entrevista de Rossieli Soares publicada na Edição 69 da Revista Oeste

-Publicidade-

A reforma do ensino médio vale para todas as escolas brasileiras, públicas e particulares. Na rede privada, cada instituição poderá escolher como vai ampliar a carga horária. No caso de São Paulo, as mudanças começam com alunos do primeiro ano; em 2022, chegam aos do segundo ano; e em 2023, aos do terceiro.

Leia mais: “Pandemia: 99,3% das escolas suspenderam aulas presenciais, segundo Inep”

O secretário estadual de Educação, Rossieli Soares, confirmou que 10 mil professores devem ser contratados. “Isso significa um crescimento de 12% no total de professores com aulas no ensino médio. Isso é bastante coisa. Muita gente acha que vai ficar sem atribuição [de aulas], mas a chance é zero”, explicou. “Vamos contratar mais professores para isso e poderão trabalhar de forma híbrida. […] Serão duas aulas de eletivas [do itinerário formativo] e três aulas de orientação de estudo.”

Leia também: “SP determina que servidores da educação vacinados devem voltar ao trabalho”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site