Brasileiro que esteve na África do Sul testa positivo para covid-19

Informação foi divulgada neste domingo, 28, pela Anvisa; ainda não se sabe se o caso está relacionado à variante Ômicron
-Publicidade-
Anvisa confirmou infecção pelo coronavírus em homem que esteve na África do Sul
Anvisa confirmou infecção pelo coronavírus em homem que esteve na África do Sul | Foto: Divulgação/CDC

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou neste domingo, 28, que identificou um caso positivo de covid-19 em um passageiro que esteve recentemente na África do Sul e desembarcou no Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos (SP).

De acordo com a nota divulgada pela Anvisa, o passageiro viajou em um voo da Ethiopian Airlines depois de ter apresentado um teste PCR negativo para a doença. Ele estava assintomático quando chegou ao Brasil.

No próprio aeroporto, o homem realizou um outro teste, que deu positivo. A Anvisa foi informada sobre o caso na noite de sábado 27 e notificou o Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (CIEVS) nesta madrugada.

-Publicidade-

Ainda segundo a Anvisa, o paciente está em isolamento e já cumpre quarentena em sua residência. O órgão diz ainda, no comunicado, que a responsabilidade pela fiscalização do caso a partir de agora é das esferas estadual e municipal, com acompanhamento do Ministério da Saúde.

Até o momento, não há confirmação de qual variante causou a infecção. Pelo que se sabe até agora, a variante sul-africana (Ômicron), apesar de aparentemente mais contagiosa, provoca sintomas leves da covid-19 na grande maioria dos casos. Na África do Sul, em geral, os infectados se queixaram de fadiga, dores musculares e de cabeça, tosse seca e irritação na garganta.

A variante foi descoberta por Angelique Coetzee, presidente da Associação Médica da África do Sul, que disse à agência de notícias France-Presse que grande parte dos pacientes atendidos está se recuperando bem e não precisou de internação.

Mais cedo, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou que a nova cepa do coronavírus exige “os mesmos cuidados” de outras variantes.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.