CoronaVac: eficácia é menor que a da vacina da Pfizer

Instituto Butantan assegura que o imunizante da China tem mais de 50%, requisito mínimo estipulado pela Organização Mundial da Saúde
-Publicidade-
Foto: Leandro Ferreira/Estadão Conteúdo

Foto: Leandro Ferreira/Estadão Conteúdo
Foto: Leandro Ferreira/Estadão Conteúdo Foto: Leandro Ferreira/Estadão Conteúdo | Foto: Leandro Ferreira/Estadão Conteúdo

Instituto Butantan assegura que o imunizante da China tem mais de 50%, requisito mínimo estipulado pela Organização Mundial da Saúde

coronavac
São poucos os imunizantes que alcançam 90% de eficácia | Foto: Leandro Ferreira/Estadão Conteúdo

O imunizante experimental CoronaVac (conhecido na internet como “vachina”) tem eficácia menor que a vacina da Pfizer — o porcentual do produto desenvolvido pelo laboratório BioNTech é de 95%. É o que informou o jornal O Estado de S. Paulo, na quarta-feira 23. A gestão João Doria (PSDB) tinha altas expectativas quanto ao índice de eficácia do produto chinês da farmacêutica Sinovac.

-Publicidade-

Contudo, “pesquisadores do Instituto Butantan e servidores técnicos do governo paulista já esperavam que a taxa poderia ficar abaixo da anunciada pela americana Pfizer (95%)”, salienta o jornal. Entre outros pontos, a reportagem menciona que são poucos os imunizantes que alcançam 90% de eficácia. Pela quarta vez, a administração estadual adiou a divulgação de dados acerca da “vachina”.

Leia também: “A supervacina”, reportagem publicada na edição n° 39 da Revista Oeste

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

7 comentários

  1. Segundo a Coluna do Cláudio Humberto, dados vazados do Butantã apontam que a eficácia seria de 50%, ou seja, a coronavac estaria mais pra loteria do que pra vacina!
    Confirmando-se tal informação, na prática, a probabilidade de acertar no Jogo do Bicho talvez seja maior do que ficar imunizado com a vacina oriunda da China!

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro