Lockdown deixa mulher presa com estranho em encontro às escuras

Caso ocorreu na China, onde áreas são isoladas rapidamente em tentativa de conter pandemia
-Publicidade-
Mulher identificada como Wang disse ter ficado presa na casa de parceiro
Mulher identificada como Wang disse ter ficado presa na casa de parceiro | Foto:Reprodução/Shenzen TV

Uma mulher afirmou ter ficado presa no apartamento de um parceiro que havia acabado de conhecer em um encontro às escuras por causa de um lockdown na China. Ela começou a fazer um diário, que viralizou nas mídias sociais, segundo a BBC.

Ele afirmou que havia ido ao apartamento do pretendente para jantar, mas não teria podido deixar o imóvel devido à rápida imposição de um lockdown na comunidade do parceiro, devido à identificação de casos de covid-19.

A mulher, identificada apenas como Wang, escreveu em um post no WeChat: “Estou ficando muito velha, então meus pais me arranjaram mais de dez encontros às escuras”.

-Publicidade-

Ela disse à mídia chinesa no último sábado, 9, que estava há quatro dias sem poder sair do apartamento. Não está claro se ela já conseguiu deixar o local.

A China tem uma política de tolerância zero a casos de covid-19, por isso a imposição de lockdowns com grande rapidez é relativamente comum.

Lockdown prejudicou o encontro às escuras

Ela não deixou claro se o encontro deu certo, mas escreveu que a situação não era “ideal”. Afirmou, porém, que o rapaz cozinhou todos os dias para ela.

A região de Zhengzhou, onde o episódio aconteceu, registrou mais de 100 casos da doença.

Mas a China tem mais de 20 milhões de pessoas em lockdown em ao menos três cidades.

 

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.